Uma nova gravidez, um novo começo!

A 5 de Agosto de 2013, entrei numa nova fase da minha vida! Foi o dia em que soube que estava grávida, pela segunda vez. Embora o percurso daí para a frente não se avizinhasse como novo, uma gravidez nunca é igual à outra, é um facto! E as diferenças entre a gravidez da minha princesa Mari e a actual cedo se fizeram sentir: Não tardaram a chegar os enjoos e náuseas, os quais me acompanharam até às 10 semanas de gestação; O cansaço extremo e sonolência “atacaram” entre a sétima e a décima semana. Sentia-me literalmente um caco. A cada início de dia desejava que o final deste chegasse e pensava para os meus botões, entre chás de hortelã-pimenta e gengibre, se seria assim até ao final da gravidez. Fui afortunada por ser uma daquelas futuras mamãs em que o ritmo regulariza passado o primeiro trimestre. Agora compreendo as mamãs que têm que passar por doses de má disposição meses a fio! Comer torna-se um quase martírio, as mezinhas nem sempre resultam e qualquer regime alimentar é colocado de parte! Sinto que um bom conselho, não só para as futuras mamãs, é aprendermos a ouvir o nosso corpo, tentar perceber que comida toleramos melhor e relaxar, descansar o máximo que nos for possível. Resumidamente, aproveitarmos um dia de cada vez!

O melhor do meu dia.

O melhor do meu dia chega em duas fases: o antes e depois do trabalho. –  Com isto não quero dizer que o período temporal passado no meu local de trabalho seja mau. Sou feliz também por fazer o que gosto. – No entanto, o melhor, melhor de tudo está no acordar e no regressar! Adoro acordar todos os dias ao lado do amor da minha vida para, em seguida, ir acordar o meu outro amor: a minha princesa de olhos grandes e sorriso rasgado! Adoro de igual forma o regressar a casa, rever quem amo, partilhar uma refeição e descansar. Mais um dia se cumpriu! Sou feliz!